Espumante Rio Sol Demi Sec 2006


Esta postagem é um alerta para os que, como eu, se arriscam comprando vinho em liquidações. A história é a seguinte: no início do ano, comprei algumas garrafas de vinho na loja virtual da Expand.Aproveitei a “Expand Sale”, que, não posso deixar de falar, é mais um exemplo dessa mania jeca do comércio de batizar as liquidações com nomes estrangeiros.Mas isso é apenas um detalhe. O pior está por vir: entre as garrafas compradas, havia duas do Espumante Rio Sol Demi Sec e, para infelicidade deste blogueiro, as duas estavam estragadas. Vou repetir: comprei duas garrafas do Espumante Rio Sol Demi Sec e as duas estavam estragadas. Muita coincidência, não? Enfim, nada de mais, apenas um prejuízo de R$ 50,00 e uma lição aprendida: comprar vinho em liquidações, ou “sales”, como preferem nossos comerciantes anglo-americanizados, pode ser o barato que sai caro.


Onde (não) comprar: Expand (www.expand.com.br)
Quanto custa: cerca de R$ 25,00
Classificação: pelo motivo exposto, fica sem

7 comentários:

Marcus disse...

Amigo Avaliador,

Você não foi o único. Eu tive o mesmo desprazer com a Ponta de Estoque Mistral e o Hochar 1995 que estava pra lá de passado... O cabo da boa esperança deve ter ficado pra trás há uns 5 ou 7 anos. Outros 3 confrades do Forum Enológico tiveram o mesmo problema, ou seja, não era vinho pra ser vendido - pior, mesmo depois das manifestações, continua à venda. Será que é má fé, ou um tipo estranho de roleta russa com o $$$ alheio? Quer pagar pra ver? Eu, não mais...

Mas, por outro lado, na mesma compra eu me dei bei com um Tannat 1999 e, não tão bem, mas não fui mal, com outro 2000.

Ou seja, é pra pensar duas vezes e não arriscar muito.

Abs.,
Marcus
http://azpilicueta96.blogspot.com

Avaliador de Vinhos disse...

Infelizmente, Marcus, a maioria dos comerciantes sente-se feliz em ludibriar o consumidor.

Não percebem ele que, com isso, perdem credibilidade e mercado, ou seja, o lucro do ardil não compensa.

Saúde!

Rafael disse...

Lei do consumidor Lei 8078/90, exija teu dinheiro de volta. Não ache que perdeu o dinheiro, vai la´e reclama.

Rosa Maria Martins Moraes disse...

Olá...concordo com o Rafael, vá lá e exija o dindim de volta. Falando no espumante Rio Sol, experimentei a pouco tempo...não decepcionou...até parece milagre, o sertão produzir além de cocos, uvas!!! Tim-tim!

Avaliador de Vinhos disse...

Rafael e Rosa, o problema não é o dinheiro de volta.

O problema é a ausência de respeito ao consumidor, o lucro pelo lucro expresso na ação de se criar uma promoção para vender vinhos estragados.

A minha postagem representa o desabafo de quem sonha com um mercado em que, para faturar, o comerciante não precise enganar o cliente.

Já me sentirei satisfeito se isso pelo menos ocorrer no comércio de vinhos, especialmente, no caso brasileiro, entre as grandes importadoras, como a Mistral e a Expand.

Saúde e paz!

Rafael disse...

Mas tá mais do que o dinheiro ai, se todo mundo for lá reclamar, pode ser que a empresa tome vergonha na cara e não passe a cometer o mesmo erro novamente.

Saudações!

Avaliador de Vinhos disse...

Concordo, Rafael.

A união faz a força.

Mas infelizmente no mundo atual a sociedade está muito desagregada.

Abraço!